Compartilhe essa notícia

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email

Na sequência do estudo que a APTCA tem vindo a desenvolver sobre o estado atual da nossa classe, partilhamos agora alguns dados preliminares do primeiro inquérito.

Responderam 2330 tripulantes, 75,5% dos quais efetivos, 14,3% eventuais, 8% em situação de desemprego e 2,2% reformados.

Em resposta à pergunta “em que medida a pandemia de COVID-19 afetou a tua vida?” numa escala de 0 a 10, sendo que 0 corresponde a nada e 10 corresponde a totalmente, cerca de 42,3% respondeu que a pandemia afetou totalmente a sua vida (10), 16% (9) e 19,1% (8). 

Estes números, ainda que expectáveis, não deixam de reforçar a nossa preocupação já que as áreas mais afetadas são essencialmente os assuntos financeiros – 85%, o stress e ansiedade – 79,1%, os assuntos laborais 45%, e 37,8% a depressão e tristeza. Nota para o facto de que a resposta a esta pergunta permite escolher várias opções em simultâneo.

Não podemos deixar de fazer referência ao evidente impacto que todos estas questões têm no seio familiar, especialmente se tomarmos em consideração que do número total de inquiridos, cerca de 48,2%, têm entre 1 a 5 dependentes. Assim, de uma forma real e inequívoca, temos uma melhor perceção do flagelo que os tripulantes e as suas famílias estão a enfrentar neste momento.

Um dos principais objetivos deste inquérito é o de aferir o nível de bem-estar da classe. Este é para nós um tema que se reveste de particular importância e interesse já que impacta diretamente o desempenho das funções dos tripulantes e consequentemente, nas áreas de safety, security e todos os âmbitos de responsabilidades dos tripulantes de cabine. Assim, e com esta preocupação em mente, juntámos um breve inquérito criado pela OMS (Organização Mundial de Saúde) que nos permite medir o índice de bem-estar.

Por agora estes são alguns dados que queremos partilhar contigo enquanto trabalhamos afincadamente para disponibilizar o estudo final o mais breve possível, vai estando atento ao nosso site e redes sociais.

Obrigado pela tua participação, sem ti, isto não seria possível.

Mais Notícias

LusoAtlântica & Multicare

Tens filhos com mais de 25 anos?  Infelizmente ficaste sem contrato de trabalho durante a pandemia?  Ou tinhas um seguro de família Multicare e agora

Restruturação TAP

Em circunstâncias normais restruturar uma empresa é um desafio enorme, no entanto se a isto adicionarmos o sector da aviação como variável e então estivermos

0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x